Postagens

Em dia com o Machado 355 – Jó Ensinar & Educar (Jorge Leite de Oliveira) jojorgeleite@gmail.com
Toda a moral de Jesus se resume na caridade e na humildade, ou seja, nas duas virtudes contrárias ao egoísmo e ao orgulho. Em todos os seus ensinamentos, mostra essas virtudes como sendo o caminho da felicidade eterna. Amai o vosso próximo como a vós mesmos; fazei aos outros o que desejaríeis que vos fizessem; amai os vossos inimigos; perdoai as ofensas, se quereis ser perdoados; fazei o bem sem ostentação; julgai-vos a vós mesmos antes de julgar os outros (Kardec, A. O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. 15, it. 3).
Tenho um primo mineiro que é espírita de berço. Fundou e dirigiucentro espírita, casou-se, adotou quatro filhas e escreveu cinco livros. Seu nome é Jair Ribeiro de Oliveira. Sua mãe chamava-se Auta, mas era tão baixa que mal chegava a metro e meio de altura. Era, como outros irmãos seus, espírita-cristã. Quando eu era jovem, passei uns dias em sua casa, em Juiz de Fora, MG, e …
Continuação da trad. d’O Evangelho segundo o Espiritismo Por: Jorge Leite de Oliveira (16.2.2019)
Nem direita, nem esquerda. Nem capitalismo, nem comunismo. Não haverá verdadeira justiça social enquanto homens e mulheres não trabalharem em prol da evolução espiritual (individual e coletiva). Prof. Alexsandro M. Medeiros, mestre e doutor em Filosofia. Universidade Federal do Amazonas.Site: Sabedoria Política.
III -Enquanto tivermos o nosso corpo e a alma estiver mergulhada nessa corrupção, jamais possuiremos o objeto de nossos desejos: a verdade. Com efeito, o corpo suscita-nos mil obstáculos pela necessidade que temos de cuidar dele. Além disso, ele enche-nos de desejos, de apetites, de temores, de mil quimeras e de mil tolices, de modo que, com ele, é impossível sermos sábios por um instante. Mas, se nada se pode conhecer puramente enquanto a alma está unida ao corpo, de duas uma: ou jamais conheceremos a verdade, ou só a conheceremos após a morte. Livres da loucura do corpo, conversare…
Em dia com o Machado 354 (Jó)
“Vinde, vós que desejais crer. Os Espíritos celestes acorrem a vos anunciar grandes coisas.” – Santo Agostinho (KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. 27, it. 23.)
No último domingo, 10 de fevereiro de 2019, corri mais uma vez no Parque da Cidade, em Brasília. Dessa vez, estava acompanhado de um grande amigo. Ao término da corrida, convidei-o a tomar água de coco e nos sentamos em frente ao quiosque do local conhecido outrora como Pedalinho, para conversarmos e bebermos o precioso líquido repositor de sais minerais e potássio em nosso organismo. Ele, então, disse-me que, há alguns meses, consultou um astrólogo para ver se este era capaz de revelar-lhe seu passado e seu futuro. Isso seria feito com base na leitura de seu “mapa astral”. — O profissional, disse-me o amigo Cunegundes, não só me revelou muita coisa ocorrida em meu passado, como também desvendou-me o futuro. Fiquei tão perplexo com o que me disse sobre ocorrências das quais eu já ne…
11 O MÓVELDAOBSESSÃO
Achava-seBatuíra,oinolvidável apóstolodaDoutrinaEspírita,emsuaresidência,naRuado Lavapés, em SãoPaulo, quandoum enfermo melhoradovarouaporta. Tratava-se deum obsidiadoem recuperação. Homem próspero, queo donodacasaconhecia demuitotempo. —GraçasaDeus,Batuíra,estoumuitomais forte—disseorecém-chegado—, jáconsigo dominar-meegovernarmeusprópriospensamentos.Venho,assim,hoje,commais confiança,à nossaprece. Transbordandosatisfação, Batuíraabraçou-o elembrou: — Convém,então,louvar abondadedeNosso Senhor Jesus Cr
Em dia com o Machado 353 (Jó)
“Vinde, vós que desejais crer. Os Espíritos celestes acorrem a vos anunciar grandes coisas.” – Santo Agostinho (KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. 27, it. 23.)
No último parágrafo da mensagem de Santo Agostinho, inserida no capítulo III d’O Evangelho segundo o Espiritismo, lemos o seguinte:
A Terra nos oferece, pois, um dos tipos de mundos expiatórios, cuja variedade é infinita, mas que têm, como caráter comum, o fato de servirem de lugar de exílio para Espíritos rebeldes à Lei de Deus. Esses Espíritos têm aí de lutar, ao mesmo tempo, com a perversidade dos homens e com a inclemência da Natureza, duplo e árduo trabalho que simultaneamente desenvolve as qualidades do coração e as da inteligência. É assim que Deus, em sua bondade, faz que o próprio castigo reverta em proveito do progresso do Espírito.
Em nossa análise desse trecho, percebemos diversos ensinos: 1º) a Terra, em 1864, data da publicação dessa obra básica do Espiritismo por Allan…
Imagem
"Nem direita, nem esquerda. Nem capitalismo, nem comunismo. Não haverá verdadeira justiça social enquanto homens e mulheres não trabalharem em prol da evolução espiritual (individual e coletiva)." Prof. Alexsandro M. Medeiros, mestre e doutor em Filosofia. Universidade Federal do Amazonas.Site: Sabedoria Política.




SÍNTESE DA DOUTRINA DE SÓCRATES E PLATÃO
I – O homem é uma alma encarnada. Antes de sua encarnação, existia unida aos tipos essenciais, às ideias do verdadeiro, do bem e do belo. Separa-se deles ao encarnar-se e, recordando seu passado, é mais ou menos atormentada pelo desejo de a eles retornar. Não se pode enunciar mais claramente a distinção e a independência entre o princípio inteligente e o princípio material. É, além disso, a doutrina da preexistência da alma; da vaga intuição que ela conserva sobre a existência de outro mundo, ao qual aspira; de sua sobrevivência à morte do corpo; de sua saída do mundo espiritual, para encarnar-se; e do seu retorno a esse mundo,…
Obra-prima da mediunidade
     A partir de hoje, uma vez por semana, publicarei um texto-mediúnico que seja uma obra-prima da mediunidade. Eis o primeiro. Leia-o, reflita na Lei de Causa e Efeito, mas ria um pouquinho com a conclusão do conto.
13 OURO E BATATAS
I
JoãoPeres,prestimoso amigo do PlanoEspiritual, estava de volta àesferados homens. Tudo prontopara orenascimento.E porquedesfrutasse merecidos afetos, eracomobênção de luz afestadasdespedidas. — Tornarei, sim,diziabem-humorado,e espero venceragora. Indagoualguémse estavainformadoquantoaopretérito,aoquerespondeu,generoso: — Conservo amemória voltadapara certo período— emodificando aexpressãofisionômica: —Tinhaeutrintaanosdeidade,emTaubaté,quandofoipromulg